A realização do sonho da minha cidadania italiana

Aggiornamento: 23 apr 2020


Parafraseando Roberto Shinyashiki, “Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado”. Há exatamente dois anos, um dos meus maiores sonhos se realizou... o de obter o reconhecimento da minha cidadania italiana.

Me lembro quando ainda era criança que já sonhava em conhecer a Itália, a terra natal dos meus trisavôs. Passei toda a minha infância e adolescência esperando pelo dia em que eu completaria meus 18 anos para poder então fazer o meu passaporte e começar a minha viagem verso este sonho. E assim foi...

Cheguei na Itália dia 07/07/2007 com um visto turístico. Minha primeira reação ao sair do aeroporto em Milão foi chorar. Uma mistura de medo e alegria tomaram conta de mim naquele momento.

O tempo passou e os 90 dias do visto turístico terminaram, foi o início de um período muito difícil pra mim. Sofri muito. Sozinho, clandestino, trabalhando muito pouco por não ter documentação que me permitia estar legalmente no país, por 5 longos anos eu vivi entre medos e inseguranças.

Em 2012 o Governo Italiano publicou uma “sanatória” e finalmente eu pude fazer o pedido do meu permesso di soggiorno” com a ajuda de um amigo italiano. Foram outros longos 12 meses de espera para ser convocado a me apresentar à polícia.

O meu grande sonho sempre foi viver na Itália, nunca foi a cidadania italiana.

Todas as dificuldades que passei durante estes anos até conseguir de fato o meu permesso, e todas aquelas pelo qual eu tive que passar cada vez que foi necessário renová-lo, me fizeram pensar em como teria sido tudo mais fácil se eu tivesse a cidadania italiana. Por várias vezes eu iniciei a pesquisar sobre a minha ascendência, mas sempre parava diante do primeiro obstáculo. Tentei várias vezes a montar o processo, mas toda vez terminava em nada.

Foram muitas e longas noites no computador lendo listas e listas de passageiros de navios que chegaram no Brasil durante o período da imigração. Finais de semana inteiros buscando em todos os sites sobre imigração italiana alguma pista sobre meus trisavôs.


Me lembro como se fosse hoje, um domingo à tarde, umas das tantas tardes que passei em busca de informações sobre os meus trisavôs. Encontrei. Mais uma vez chorei. Foi a mesma emoção que senti quando em 2007 coloquei os pés na Itália. Foi uma alegria enorme encontrar e ver como todas as informações que eu já possuía sobre eles batiam com os registros. A este ponto restava somente um último obstáculo, encontrar o registro na Itália. O sonho já estava plantado e a cada dia ele crescia mais e mais dentro de mim.

Eu tive medo. Medo de não existirem mais, medo de não conseguir localizar onde estavam... foram praticamente 6 meses de incansável pesquisa, até que um belo dia... localizei o registro. Era um batismo. Foi o meu melhor presente de natal em 2017.

A este ponto só faltava preparar a documentação no Brasil e finalmente protocolar o pedido. Preparei tudo no Brasil, trouxe pra Itália e apresentei o pedido dia 21/03/2018.

Dia 21/04/2018 foi o grande dia, o tão sonhado dia. Dia de assinar aquele livrão (sim o meu Comune ainda usava aqueles livros) e ser decretado oficialmente italiano.




122 visualizzazioni0 commenti

Post recenti

Mostra tutti